ícone do player

Aperte o Play!

@SPCOficial
  • Luiz Fernando
  • Juliano Pires
  • Serginho Sales
  • Fernando Pires
  • Alexandre Pires
  • Luisinho Vital
  • Alexandre Popó
  • Hamilton Faria
Fechar

Filhos do casal João Pires e Maria Abadia, Alexandre e Fernando Pires trazem nas veias o gene da musicalidade. Basta dizer que por duas décadas, seu João e dona Maria Abadia fizeram parte de uma banda que sacodia os salões de baile não só em Uberlândia, onde Alexandre e Fernando vieram ao mundo, mas também por todas as redondezas daquelas Minas Gerais. Com pai baterista e mãe vocalista, o destino se encarregaria de levá-los pelos caminhos da música. Aos 13 anos, Alexandre aprendeu sozinho a tocar o primeiro instrumento, o cavaquinho, esquecido em sua casa por um amigo da família. Nota vai, nota vem, logo executaria com maestria seu primeiro samba: Só Pra Contrariar, gravado à época pelo grupo Fundo de Quintal. Lá está a inspiração para o batismo do grupo que seria responsável pelo “boom” do pagode na década de 90, liderado por Alexandre Pires, que então dividia a cena com o irmão Fernando, o primo, Juliano, e os amigos, Serginho, Luisinho, Hamilton, Alexandre Popó e Luiz Fernando.

E “só pra contrariar” quem acreditava que só se faziam bons sambas no Rio de Janeiro, o grupo, que começou fazendo bailes em sua cidade natal, rapidamente passou a lotar as casas noturnas onde se apresentavam em Uberlândia e nas cidades vizinhas.

Não demorou para que as apresentações daquele time em Uberlândia rendessem a gravação do primeiro disco, em 1993: Que Se Chama Amor, A Barata, Domingo e Outdoor tornaram-se febre nas rádios de norte a sul. Em 1994, lançaram seu segundo trabalho, que veio para confirmar o Só Pra Contrariar como o maior grupo de samba romântico da década de 90. Hits como Primeiro Amor, Você Vai Voltar Pra Mim e Essa Tal Liberdade renderam ao grupo a venda de mais de um milhão de cópias daquele álbum.

O Samba Não Tem Fronteiras, terceiro disco do grupo, repetiu o feito dos álbuns anteriores, somando ao histórico dos mineiros, mais uma coleção de hits. A lista de grandes sucessos do Só Pra Contrariar ficava então, mais extensa. E foi a partir desta pouco modesta lista, que em 1996 surgiu a ideia do primeiro registro ao vivo. Gravado no antigo Palace, em São Paulo, o álbum lançado em CD e VHS, foi o primeiro a ser produzido por Alexandre Pires.

Mas foi com o disco lançado em 1997, também produzido por Alexandre Pires em parceria com Romeu Giosa, que o êxito do grupo quebrou todos os recordes. A fama de canções como Depois do Prazer e Mineirinho renderam aos meninos de Uberlândia o World Music Awards, prêmio dado aos maiores vendedores de música do mundo. Foram mais de 3,5 milhões de cópias vendidas, que escreveram o nome do Só Pra Contrariar como o maior recordista de vendas da indústria fonográfica brasileira. E não parou por aí! Tamanha conquista levou o SPC a gravar um álbum em espanhol, que emplacou nada menos do que 700 mil cópias em países hispânicos. No mesmo ano, 1998, chegou às lojas brasileiras o segundo VHS do grupo, com imagens de shows em Buenos Aires, Montevideo e São Paulo.

Na sequência, o trabalho produzido em 1999 vendeu, já no seu lançamento, 1 milhão de cópias. O álbum que apresentou ao público Sai da Minha Aba e Interfone ganhou uma versão em espanhol, que veio acompanhada do convite de Gloria Estefan e de seu esposo, o renomado produtor Emilio Estefan, para que Alexandre gravasse um single com a música Santo Santo. O dueto com a cantora foi devidamente contemplado com uma indicação ao Grammy Latino, ainda em 1999.

Em concordância com a feliz trajetória da banda, Bom Astral foi o nome dado ao sétimo CD do grupo, que teve a participação especial de Jorge Bem Jor na faixa Balada da noite.

Um apanhado dos grandes sucessos do grupo somado a regravações de outros intérpretes compuseram o repertório do primeiro DVD do SPC. O trabalho contou ainda com as vozes de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Fábio Jr. e Leonardo. O álbum, gravado em abril 2001, seria o último registro do time com Alexandre Pires nos vocais.

Mesmo em turnê com o SPC, em 2001, Alexandre levou às lojas seu primeiro álbum solo em espanhol. Já sem condições de acompanhar todos os compromissos do grupo, o cantor deixou o SPC em 2002, depois de uma apresentação para mais de 14 mil pessoas em Nova York. No histórico do Só Pra Contrariar, Alexandre deixou seu nome em 8 álbuns em português e 2 em espanhol, alcançando nada menos que a ilustre marca de 10 milhões de cópias vendidas.

Entre 2001 e 2012, Alexandre gravou 9 CDs e 3 DVDs nacionais, além de 4 álbuns voltados para o público latino. Seu último trabalho solo, lançado também em DVD, já dava uma prévia do que estava por vir. No momento mais emocionante do show, Alexandre dividiu o palco com o Só Pra Contrariar, em sua formação original, levando às lágrimas os fãs que presenciavam tão esperado encontro.

Eis que chega, em 2013, a hora da realização de um sonho antigo de Alexandre e já conhecido do público: uma turnê com o Só Pra Contrariar. Motivado pela data, ano em que o grupo completa 25 anos de carreira, o cantor decidiu reunir os sete “garotos” de Uberlândia para uma comemoração. Alexandre Pires, Fernando Pires, Serginho Sales, Luisinho Vital, Hamilton Faria, Alexandre Popó e Juliano Pires estão juntos novamente. Para delírio dos fãs, começa em maio de 2013 uma turnê de dois anos, que terá também um registro em DVD. Canções consagradas pelo público e músicas inéditas irão compor o álbum.

Agenda @SPCTOUR25ANOS

Bio